Aeroporto de Guarujá deve operar só em março de 2019

sábado, 26 de agosto de 2017 | 13:20

Esperança renovada. O Aeroporto Civil Metropolitano de Guarujá deverá entrar em operação a partir de março de 2019. A promessa de mais um ano e meio para o aeródromo sair do papel e ter seu primeiro voo regular realizado foi dada ontem pelo secretário Nacional da Aviação Civil Dario Rais Lopes, que esteve no Município, para acertar com a Administração Valter Suman o caminho jurídico e administrativo para o aeroporto finalmente ‘decolar’.

Em coletiva no Paço, ao lado do prefeito, Dario Lopes também revelou que já está com o novo edital feito pela Prefeitura para avaliação e que o Governo Federal vai instrumentalizar a Base Aérea de Santos – que cederá espaço para uma operação compartilhada civil/militar – como forma de adiantar uma das fases de implantação do futuro modal aéreo.

“Vamos agora determinar as etapas de implantação. Vamos buscar a iniciativa privada com um projeto sustentável e voltado para o turismo e depois para prestação de serviços. Todo o processo será feito pela Prefeitura que recebeu nossa outorga (autorização). Em um ano e meio acredito que o aeroporto de Guarujá terá operações regulares”, disse Lopes, que adiantou trabalho conjunto com a Prefeitura e não descartou aporte de recursos públicos para a construção do equipamento.

“Já colocamos 89 caminhões de bombeiros em 80 aeroportos brasileiros. Em 40, estamos colocando equipamentos para facilitar as operações de aeronaves e isso pode ser colocado aqui (Guarujá)”, completou, enfatizando que hoje está se fazendo estruturas menos sofisticadas e mais operacionais e seguras para receber turistas. Aeroportos menores e eficientes.

Prefeito

O prefeito Valter Suman se mostrou otimista e disse que a vinda do secretário impulsiona “a conquista do aeroporto, em função da parceria entre a equipe da Prefeitura e da Secretaria de Aviação Civil (SAC)”, disse Suman, alertando que o edital de construção deverá estar pronto em até 100 dias. O licenciamento ambiental do aeroporto será de ­responsabilidade de quem vencer o edital.

Centro

Na Base Aérea, onde o secretário Dario Lopes realizou uma visita à pista e depois embarcou em um helicóptero rumo à São Paulo (Capital), a secretária de Turismo de Guarujá, Thaís Margarido Alencar Fortes, disse que já foi iniciada a licitação para a execução do plano municipal de turismo, que prevê o estudo de viabilização do centro de convenções.

“Ele vai nos informar qual a melhor área para implantar o equipamento. Os envelopes deverão ser abertos em 13 de setembro. Depois, provavelmente em janeiro, faremos uma audiência pública na Câmara”, ­disse a secretária. Que descartou a Praça Horácio Lafer como sede do centro. “Iria impactar demais o trânsito”, concluiu­.

Fonte: Diário do Litoral

0 comentário

Postado por
Categorias: Notícias
Tags: ,

Nenhum comentário. Seja o primeiro!
Deixe uma resposta

Validar * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.