Força-tarefa apreende materiais ilícitos e fiscaliza bares nas ruas Lobo Viana e Oswaldo Cruz

segunda-feira, 30 de novembro de 2015 | 10:35

A ação da força-tarefa formada por órgãos de segurança, trânsito e fiscalização da Prefeitura nas imediações das ruas Lobo Viana e Oswaldo Cruz, no último final de semana, resultou na apreensão de entorpecentes e bebidas alcoólicas comercializadas irregularmente. O problema é recorrente e atormenta os moradores do bairro do Boqueirão, que a cada noite de sexta-feira sofrem com a gritaria, som alto, atos de vandalismo e assaltos. No início do ano, um jovem foi assassinado no local durante a baderna.

“Quero saber qual é o plano da Força-tarefa para coibir essa baderna de uma vez por todas. A ação deste final de semana mostrou que o problema é grave, acontece com frequência e dura a madrugada inteira; não apenas no horário das aulas nas faculdades”, afirma o Vereador Douglas Gonçalves, que recebe constantemente em seu gabinete moradores do bairro que reclamam da situação e pedem uma solução definitiva. As “festas” na madrugada atrapalham inclusive o acesso de ambulâncias ao Hospital Guilherme Álvaro, na entrada pela Rua  Dr. Oswaldo Cruz.

Lei do Silêncio

Desde 2014 está em vigor a Lei do Silêncio, de autoria do Vereador Douglas Gonçalves, que proíbe o uso de aparelho de som acima de 80 decibeis em carros e estabelecimentos comerciais na cidade de Santos. O autor da lei destaca a necessidade de fiscalização constante nesse caso e em outros pontos da cidade, para coibir a ação dos infratores. Segundo dados da Ouvidoria Pública do município, os bairros que geram um maior número de reclamações de perturbação do sossego público são Gonzaga, Boqueirão e Campo Grande.

O vídeo abaixo mostra como a confluência das ruas Lobo Viana e Oswaldo Cruz fica completamente tomada por jovens nas noites de sexta-feira, o que possibilita o consumo de bebidas e substâncias ilícitas a céu aberto e facilita a ação de criminosos.

0 comentário

Postado por
Categorias: Notícias
Tags: , , , , , , ,

Nenhum comentário. Seja o primeiro!
Deixe uma resposta

Validar * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.