Vereador Douglas Gonçalves visita a Casa do Sol

quarta-feira, 3 de agosto de 2016 | 16:21

Eles já foram chamados de velhos. Mas, para que este termo pejorativo fosse mudado, há alguns anos passaram a ser denominados de representantes da melhor idade. Uma forma, com certeza, mais apropriada. Porém, ainda assim muito aquém da importância de nossos vovôs e vovós. Afinal, estes senhores e senhoras são os verdadeiros representantes da experiência e da sabedoria. Algo adquirido com anos de caminhada, com momentos de alegrias e de tristezas. Mas momentos que os ensinaram a ser fortes. Qualidades que tive a oportunidade de vivenciar, nesta terça-feira, dia 2 de agosto, juntamente com o Presidente Percival Vicente. Nas horas em que passei com muitos dos nossos vovôs e vovós que vivem na Casa do Sol a emoção tocou meu coração. Neste espaço destinado a quem já caminhou muito ao longo da vida, tive a chance de também aprender um pouco mais sobre nossos deveres e obrigações para com aqueles que, lá atrás, foram os braços fortes na construção de nossa sociedade. Aliás, foi como vereador eleito pelo DEM-Santos que visitei a Casa do Sol. Porém, foi como cidadão, como pessoa, que me encantei com tantos exemplos de vida que encontrei no local. E por falar neste espaço, tenho de lembrar que a Casa do Sol tem 112 anos de vida. Ou seja, mais de um século desenvolvendo trabalho com os idosos. Ação esta que custa mensalmente cerca de R$ 4.500,00, por vovô ou vovó. Aliás, o espaço, em Santos, é a primeira instituição de longa permanência, com alimentação interal, e autorizada pela Secretaria de Vigilância Sanitária (Sevisa). Atualmente, são 30 idosos capacitados pela Prefeitura e 55 pela própria Casa do Sol.

0 comentário

Postado por
Categorias: Comunicação, Mídia, Notícias

Nenhum comentário. Seja o primeiro!
Deixe uma resposta

Validar * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.