Vereadores podem destinar apenas 0,18% do orçamento municipal

terça-feira, 8 de dezembro de 2015 | 19:33

Com um orçamento previsto em R$ 2,5 bilhões para o ano de 2016, o governo municipal da cidade de Santos precisa planejar e trabalhar muito para distribuir os recursos da melhor forma possível. Saúde e educação são as áreas que demandam a maior parte dos recursos, como previsto em lei, mas há várias outras áreas que precisam de uma atenção especial por parte do Poder Executivo. Os vereadores, que estão em contato direto com a população e são os representantes legítimos do povo, poderiam auxiliar o governo a atender as necessidades e prioridades apontadas pelos munícipes santistas, no entanto, podem destinar apenas 0,18% de todo o orçamento municipal através das emendas parlamentares.

Cada vereador santista tem direito a destinar 226 mil reais para as áreas que julgarem prioritárias e mais carentes de recursos. O Vereador Douglas Gonçalves priorizou em suas emendas as áreas da Segurança Pública, Cidadania, Cultura, Esporte, Educação, e Assistência Social, sendo R$ 6 mil para o Procon-Santos; R$ 10 mil o Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Condefi); R$ 25 mil para a Escolinha de Tamboréu; R$ 20 mil para aulas de jiu-jitsu para os integrantes da Guarda Municipal; R$ 20 mil para a área da assistência social; R$ 10 mil para o Polo-UAB; R$ 20 mil para a Secretaria Municipal de Finanças, sendo R$ 10 mil para a seção de fiscalização do ISS e R$ 10 mil para a seção de fiscalização ambiental; R$ 10 mil para o Mês da Mobilidade Urbana; R$ 20 mil para a restauração do Zuzu Bem e R$ 85 mil para subsidiar festivais culturais.

“O desdobramento desse valor, que é irrisório, se deu pela participação dos segmentos da sociedade que me procuraram. Assim, procurei dividir o valor que me coube de forma a abranger um número significativo da sociedade santista. É bom lembrar que, saúde, educação e, segurança, por exemplo, tem dotação orçamentária já definida”, esclareceu o vereador.

0 comentário

Postado por
Categorias: Notícias
Tags: , , , , , , , ,

Nenhum comentário. Seja o primeiro!
Deixe uma resposta

Validar * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.